Centrais sindicais cobram apoio de Ciro para ‘virada de Haddad no domingo’

As centrais Força Sindical, UGT (União Geral dos Trabalhadores) e CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) divulgaram, nesta 6ª feira (26.out.2018), 1 manifesto que pede que o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) use a capacidade de “liderar e mobilizar” para ajudar a vitória de Fernando Haddad (PT) nas eleições do próximo domingo (28.out).

“Conclamamos nosso companheiro Ciro Gomes, com sua imensa capacidade de liderança e mobilização, a ajudar a consolidar a grande virada para a vitória de Fernando Haddad neste domingo”, dizem as centrais em trecho.

Ciro, que ficou em 3º lugar nas eleições presidenciais do 1º turno, está na Europa desde o dia 11 de outubro. Um dia antes o PDT declarou “apoio crítico” ao petista, sem participar de atos de campanha.

O ex-governador do Ceará volta para o Brasil nesta 6ª. Seu irmão, o senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) prepara 1 ato político no aeroporto de Fortaleza para receber a sua volta.

Além de Ciro, a Força Sindical fez apelo ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) para que declare apoio explícito ao petista.

“FHC disse que se fizesse nos chamaria para assinar e buscar assinaturas”, declarou ao Poder360 o secretário-geral da Força, Juruna, João Carlos Gonçalves.

Com o tucano a reunião foi presencial em São Paulo, já com Ciro o recado foi enviado para a ex-coordenação de campanha.

O tucano é crítico contundente ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), mas negou nesta 6ª ter se posicionado neste pleito.

Fonte: Poder 360