Ceará vence o Fluminense no PV e deixa a lanterna provisoriamente

Com méritos, o Ceará venceu a sua segunda partida no Brasileirão. Neste sábado, 28, o Alvinegro fez o seu melhor jogo na Série A e derrotou o Fluminense por 1 a 0, no estádio Presidente Vargas, que vai se consolidando como amuleto do Vovô na competição.

Com o resultado, o Ceará chegou aos 11 pontos na tabela e deixou a lanterna do Brasileirão, mesmo que provisoriamente. O Vovô só volta para a última colocação nesta rodada caso o Atlético-PR empate ou vença o Vitória, neste domingo, 29, na Arena da Baixada.

O Vovô volta a campo no próximo domingo, 5, para enfrentar um adversário direto na briga contra o rebaixamento: o Paraná, às 16 horas, no estádio Durival de Britto.

O JOGO
Antes mesmo da bola rolar, o técnico Lisca já indicava que o Ceará iria a campo com muitas mudanças. Edinho, Jown Cardona, Juninho Quixadá e Leandro Carvalho, todos estreantes, tinham a missão de resolver o problema da equipe nos últimos jogos: a velocidade na transição ofensiva.

A ideia deu certo, e o Vovô foi um time muito mais fluido, leve e envolvente. No primeiro tempo, o Ceará fez os melhores 45 minutos na Série A e criou muitas chances para marcar, com João Lucas, em um chutaço de fora da área que passou raspando a trave; com Jown Cardona, em cobrança de falta que Júlio César fez ótima defesa; em jogada de Juninho Quixadá, que limpou a marcação e mandou na trave com capricho.

A superioridade alvinegra era grande, até que finalmente foi convertida em gol aos 40 minutos, em jogada de dois estreantes. Juninho Quixadá deu passe para Leandro Carvalho, que fez jogada em velocidade, invadiu a área e, de bico esquerdo, mandou para o fundo do gol antes do intervalo.

No segundo tempo, o técnico Marcelo Oliveira tirou um volante e um meia para a entrada de dois atacantes, mas as alterações não deram resultado. O Fluminense até teve mais posse de bola, mas mostrou dificuldades para ameaçar a meta de Everson.

A melhor oportunidade de gol foi aos 30 minutos, quando após bola cruzada na área, a zaga do Ceará afastou mal e Everaldo entrou sozinho na área e chutou forte, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

Ao apito final, festa total da torcida alvinegra que compareceu ao PV para ver o time conseguir a segunda vitória no Brasileirão. O segundo triunfo seguido jogando em casa e justamente no estádio que é a aposta do técnico Lisca para o time conseguir a arrancada necessária para escapar do rebaixamento. Se conseguir manter o ritmo, os alvinegros têm motivos para seguir confiantes.