Ceará bate o Sport no PV e vence a primeira partida no Brasileirão

A parada para a Copa do Mundo fez muito bem ao Ceará. Na primeira partida pelo Campeonato Brasileiro no retorno após o Mundial, o Alvinegro fez o que não havia feito nos 12 primeiros jogos do Brasileirão: venceu. Na noite desta quarta-feira, 18, o Vovô bateu o Sport por 1 a 0, no estádio Presidente Vargas, e enfim o torcedor alvinegro comemorou um resultado positivo no torneio.

Com a vitória, o Ceará chegou aos oito pontos na tabela e diminuiu a diferença para o Atlético-PR, 19º colocado, que possui nove pontos. O time paranaense entra em campo nesta quinta-feira, 19, contra o Internacional.

O Vovô volta a campo na próxima segunda-feira, 23, para enfrentar o Internacional, às 20 horas, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre.

O JOGO
O pedido do técnico Lisca de realizar a partida no PV deu resultado. Antes mesmo da bola rolar, o estádio já estava tomado pela torcida alvinegra, que compareceu em grande número e tornou o estádio em um verdadeiro “caldeirão”.

O ambiente favorável motivou o Vovô a fazer um jogo de efetividade. Embora não tenha sido brilhante, o Ceará mostrou maior organização, sobretudo defensivamente, e apesar de ainda ter apresentado falhas ofensivas, teve eficácia para vencer com gol do atacante Arthur.

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio e leve superioridade do Sport, que teve mais posse de bola e finalizou mais, mas não teve grandes chances de marcar. Do lado do Ceará, o setor ofensivo era infrutírero, com Felipe Azevedo e principalmente Reina e Éder Luís errando demais.

No intervalo, o técnico Lisca voltou com Arthur no lugar de Éder Luís, e a mudança não demorou a surtir efeito. Logo aos oito minutos, Felipe Azevedo cruzou na medida e o camisa 40 desviou de cabeça para marcar aquele que seria o único gol do jogo.

O time pernambucano tentou o empate mais na base do abafa, mas o Ceará se defendeu bem e evitou que maiores perigos fossem criados à meta do goleiro Everson.

Ao apito final, festa total da torcida alvinegra que lotou o PV e, depois de 101 dias, enfim soltou da garganta o grito de comemoração por uma vitória.