Cariri: Leitos de UTI em dois hospitais de Barbalha registram 100% de ocupação; HRC tem taxa de 96,7%

O aumento progressivo nos casos confirmados do novo coronavírus tem se refletido na taxa de ocupação dos leitos hospitalares. Em Fortaleza, os leitos de UTI ultrapassaram 90%, tendo cinco unidades com lotação máxima.

Esse cenário preocupante se repete no interior cearense. Em Barbalha, na região do Cariri, o Hospital Maternidade Santo Antônio está, há uma semana, com todos os dez leitos ocupados. Os números são do IntegraSus, plataforma oficial da Secretaria da Saúde (Sesa) do Estado e foram confirmados pela assessoria do Hospital.

Barbalha tem ainda três leitos no Hospital Maternidade São Vicente de Paula. Todos também estão sendo utilizados, segundo a plataforma do Governo do Estado e igualmente confirmado pela assessoria da unidade hospitalar. O Município tem 2.612 casos confirmados, conforme última atualização do IntegraSus.

Nas duas primeiras semanas de janeiro os casos diários confirmados por lá mais que dobraram, saindo de uma média de quatro para 10, chegando ao pico de 14 registros em um único dia (15 de janeiro), maior índice desde 16 de agosto, quando foram 16 confirmações em 24 horas.

Em Juazeiro do Norte, maior cidade do interior, o cenário se repete. Dos 31 leitos de UTI disponíveis no Hospital Regional do Cariri (HRC), 30 estão ocupados, o que representação taxa de ocupação de 96.77%. A taxa de ocupação da clínica Covid no HRC é de 92% – 12 dos 13 estão ocupados. A informação foi repassada pela assessoria de comunicação do HRC.

Fonte:Diario do Nordeste/MBCnews
Assese mombacanews.com
@mombacnews