Câmara Municipal Adia Votação de Projeto de Doação de Terra para Construção do IFCE

Na sessão do legislativo de Mombaça  realizado no último dia (23),presidida pelo vereador do MDB Lucas Almeida, retirou de pauta o projeto de lei do executivo , que solicitava autorização da casa para a doação  ao governo federal o terreno  aonde será construído o prédio do Instituto Federal do Ceará (IFCE)

O motivo da retirada do projeto da pauta de votação dor projeto de doação do terreno de (33 mil metros quadro ) pelo município ao governo federal para construção do IFCE .Foi retirado de pauta a pedido do bloco de oposição alegando que o  processo de desapropriação do  terreno feito pelo o município junto ao cartório ainda não tinha sido concluído . E assim o bloco de oposição solicitou a retirada do projeto de pauta, ate que o cartório termina-se o processo de desapropriação do referido terreno.

Usando da democracia que reina no legislativo e, buscando sempre o melhor para o município e para casa legislativa, o presidente da casa vereador Lucas Almeida, retirou da pauta o projeto, e lembrou aos seus pares que logo o cartório conclua a documentação da desapropriação do terreno, estariam convocando os senhores vereadores para uma sessão onde seria colocado o projeto (da doação do terreno da construção do IFECE) em votação. Pois existe prazos para a votação desse projeto e, casa estaria fazendo sua parte.

Debates.

Durante os debates sobre o projeto de doação do terreno para construção do IFCE em Mombaça. As lideranças do executivo na casa (prefeito Ecildo Filho) destacaram a importância da vinda do IFCE para Mombaça e, lembraram que a casa ao autorizar a doação do terreno ao governo Federal, e o município conclui o processo de doação junto ao governo federal, o mesmo teria uma prazo de 12 meses para começar as obrar da construção do prédio do IFCE e, que o município já havia alugado espaço no novo Centro pastoral Don José Doth  da paróquia de Nossa Senhora da Gloria, para funcionar IFCE ate a conclusão do prédio próprio do instituto no terreno que estaria sendo doado pelo município.

Já as lideranças do bloco de oposição, afirmaram que não são contra a doação do terreno e nem a vinda do IFCE para Mombaça, e só pediu a retirada do projeto de pauta pela não conclusão do processo por parte do cartório, mais banca não é contra a doação ou a vinda do IFCE, pois quem ganha é sociedade de Mombaça.

Durante os debates, o líder do bloco de oposição Valério Sá,lembrou que sua banca gostaria de saber de como realizado o processo de aquisição do terreno por parte do município e, qual será a fonte pagadora os mais de 300 mil que esta sendo pago pelo o terreno.

O líder da bancada de situação na casa,vereador Beto Vieira do MDB, informou que ate onde ele sabe, a avaliação do terreno foi realizado dentro dos valores de mercado , e o município estaria realizando o pagamento com recursos próprios.

Mombacanews.com