Bolsonaro participa de reunião sobre alta do combustível em ministério

O presidente da República, Jair Bolsonaro, chegou no período da tarde desta segunda-feira (6) para reunião no Ministério de Minas e Energia (MME) para discutir a alta do combustível. Ao chegar, o presidente foi recebido pelo ministro da Pasta, Bento Albuquerque. Bolsonaro brincou que ele é o capitão e Albuquerque é o almirante.

Mais cedo, Bolsonaro afirmou que o preço do combustível deve se estabilizar após aumento causado por tensões internacionais.

A preocupação sobre o valor se dá depois do ataque dos Estados Unidos no Iraque que matou o general iraniano Qassim Suleimani.

A jornalistas, Bolsonaro também mencionou a reunião que aconteceria no MME e disse que avaliava participar do encontro “dada a gravidade do assunto”.

“Reconheço que o preço está alto na bomba. Graças a Deus, pelo que parece, a questão lá dos EUA e Iraque, do general lá que não é general e perdeu a vida, não houve… o impacto não foi grande. Foi 5%, passou para 3,5%; não sei quanto está hoje a diferença em relação ao dia do ataque. Mas a tendência é estabilizar”, declarou o presidente mais cedo

fONTE: DN