Bancada de oposição do legislativo de Mombaça apresenta requerimento solicitando reparos para açude Serafim Dias.

Na sessão da última segunda feira (19) a bloco de oposição do legislativo de Mombaça, formada pelos vereadores, Fernando Filho “Pitoco” (PMB), Valério Sá, Eduardo Dereco, Jr. Padeiro ambos do (PP), Danúbio Araujo e Marquinos Mota. Apresentaram requerimento solicitando o envio de oficio ao DNOCS pedindo a vinda de uma equipe do órgão para avaliar a situação que vive o açude publico SeráFim Dias, Principal açude de Mombaça.

Segundo os vereador que fazem parte do bloco de oposição no legislativo de Mombaça e autores do requerimento, o açude publico Seráfim Dias, esta precisando ser avaliado com urgência por uma equipe técnica do DNOCS para avaliar a situação que esta o reservatório de ‘água. Segundo os vereadores um dos pontos mais critico é a parede do açude totalmente em matada. E com a chegada das chuvas traz muita preocupação para a sociedade em relação à real situação do açude para receber uma recarga d”água.

O bloco de oposição lembrou que em uma outra oportunidade foi gasto mais de 200 mil reais para se fazer um serviço de recuperação da parede do açude, mais o serviço realizado foi de péssima qualidade e defendeu uma maior fiscalização em um possível trabalho de recuperação da parede do açude para não acontecer de novo o que aconteceu com os mais de 200 mil da ultima ordem de serviço para recuperar a parede do açude.
O requerimento apresentando pelo bloco de oposição, solicitando o envio de oficio ao DNOCS pedindo a recuperação da parede do açude Serafim Dias, foi aprovado por todos os vereadores, e agora, o presidente do legislativo Lucas Almeida (MDB), deve enviar o oficio para o DNOCS informando da solicitação do boco de oposição e com o apoio de todos os legisladores.

O reservatório que tem capacidade de 40,94 milhões de metros cúbicos de água, foi inaugurado em 1995. Sua última sangria teve início no dia 21 de abril de 2011, como consta no dados da Dados da Cogerh (Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará).Neste ano de 2018, até agora as chuvas ainda não foram suficiente para acumular água no açude, que é responsável pelo abastecimento da cidade de Mombaça e região.

Mombacanews